sábado, 20 de janeiro de 2018

Uma nova hora



Uma nova hora

O relógio, roda, roda
Fazendo girar a hora
É dia
É noite
Dia fora
Virá ou não, uma nova hora

O relógio, roda, roda
Mais um dia no giro da roda

Ó relógio dita a hora
Caminhamos dia fora
Um dia o relógio prende a hora
Tudo parou
Porque era hora

20/01/2018

Cidália Rodrigues

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Janela



19/01/2018

Tantas vezes ali passo
Alentando o meu passo
Levanto os olhos
E recordo
As horas que ali passavas
Sempre à minha espera
Pelo canto da janela
Tanto olhavas
Até que chegava
E tu me perguntavas:
És tu filha?
Respondia
Com encanto e alegria
Sim, sou eu minha mãe
Um beijo lhe dava
Seus olhos brilhavam
À luz daquela janela
Por onde entrava o sol
Havia o tempo da esperança

Cidália Rodrigues


sábado, 13 de janeiro de 2018

Humanos


Como interpretes da Humanidade, todos os dias vemos imagens da falta de humanidade. Crianças que se abandonam, idosos que se desprezam, sei lá, tantas coisas que se veem. Será este o papel que identifica 
o mundo dos humanos, sãs esses os valores que há no mundo dos humanos?


Cidália Rodrigues

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Só o silêncio

Só o silêncio nos faz voar para lugares distantes
É no silêncio que se abraça
Toda a graça que a Vida tem para nos dar


Cidália Rodrigues

Gratidão

Em dia de GRATIDÃO,
Agradeço a todos os que procuram as minhas palavras, sejam elas modestas ou mais do que isso.
Aqui deixo o meu apreço, porque cada clique no meu blog é um alento para a minha vida.
Obrigado


Cidália Rodrigues

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Perfume de amor

Só isto
Porque nem tudo é triste
Toda a flor existe
Por sinal de vida e amor

Celebrar o dia com uma flor
Nela há perfume de amor


Cidália Rodrigues

sábado, 6 de janeiro de 2018

Sou de Mar



Sou de Mar


No mar fui gerada
Em águas calmas
Sou de Mar
Ao mar vim para amar
Amarei junto às terras do mar
No mar andei
Um dia, estou certa
Voltarei
Ao Mar
Em águas calmas
Onde a vida abracei
Sou de Mar
Mar onde fui gerada
Amada
Ao Mar um dia voltarei
Em águas claras

Cidália Rodrigues